Suzuki-lança-edição-histórica-da-GSX-R-10000R

Série especial é comemorativa à nova conquista do Mundial de MotoGP, 20 anos desde o último triunfo.

Depois de conquistar seu sétimo título no Campeonato Mundial de Motovelocidade na categoria rainha, a Suzuki anunciou uma “Legend Edition”, na qual evoca as pinturas icônicas de todos os pilotos que já foram campeões mundiais pela marca.

Suzuki-lança-edição-histórica-da-GSX-R-10000R

Os sete títulos da classe principal (incluindo GP de 500cc e MotoGP) foram conquistados por Barry Sheene (76-77), Marco Lucchinelli (81), Franco Ucini (82), Kevin Schwantz (93), Kenny Roberts Jr (2000) e, mais recentemente, Joan Mir, que acaba de sagrar-se campeão de 2020.

Para comemorar este histórico título, afinal foram 20 longos anos de fila, a Suzuki está lançando uma série especial da GSX-R1000R cada uma com os esquemas de pintura das motos vencedoras.

Suzuki-lança-edição-histórica-da-GSX-R-10000R

Juntamente com as cores e adesivos especiais, cada moto também virá completa com um escapamento Akrapovič e rabeta com código de cores.

Infelizmente, parece que as “Legend Editions” estarão disponíveis apenas na Europa continental.

Todos os campeões mundiais de motovelocidade

1976 – BARRY SHEENE

Foi questão de poucos anos até que Barry Sheene começasse a mostrar suas habilidades: em 1976 obteve 5 vitórias e um segundo lugar que lhe valeu, de fato, a conquista do primeiro título mundial.


1977 – BARRY SHEENE

Ainda com a sua fiel Suzuki RG 500, o britânico conseguiu levar para casa 6 vitórias e um 2º lugar que lhe permitiu ser Campeão do Mundo pelo segundo ano consecutivo.


1981 – MARCO LUCCHINELLI

Com um total de 5 primeiros lugares e dois pódios, o “cavalo louco” foi coroado Campeão do Mundo em 1981 e trouxe a Suzuki de volta ao topo da classificação, quatro anos após o último título.


1982 – FRANCO UNCINI

Em 1982, Uncini tornou-se a ponta de lança da Suzuki na pista: o italiano retribuiu a confiança da casa de Hamamatsu e conseguiu conquistar o título de Campeão do Mundo.


1993 – KEVIN SCHWANTZ

Um dos pilotos mais icônicos e amados no cenário mundial das motocicletas, Kevin Schwantz se tornou Campeão do Mundo em 1993, trazendo o título de volta para a Suzuki depois de mais de uma década desde sua última vitória no Campeonato Mundial.

2000 – KENNY ROBERTS JR

A habilidade do piloto californiano, aliada a uma moto competitiva e equilibrada, permitiram-lhe levar para casa várias vitórias e excelentes posições, coroando assim o sonho de ser Campeão do Mundo.

2020 – JOAN MIR

O jovem piloto maiorquino precisou apenas de alguns cuidados e da competência da equipe Suzuki Ecstar para encontrar-se com sua GSX-RR. Combinando um estilo de pilotagem atento e limpo, Joan Mir conquistou o título de Campeão do Mundo de MotoGP de 2020!