POR REDAÇÃO

FOTOS: DIVULGAÇÃO 

O piloto italiano Lorenzo Baldassarri continua se destacando na categoria Moto2 nesta temporada, agora equipada com motores Triumph de 765 cc. No último domingo (dia 5 de maio), ele venceu a quarta etapa da categoria neste ano, o Grande Prêmio da Espanha, realizado no tradicional Circuito de Jerez, na cidade de Jerez de la Frontera. Foi a terceira vitória de Baldassari neste ano – ele já havia sido vitorioso no Qatar e na Argentina; enquanto o suíço Thomas Luthi ganhou a terceira etapa, no autódromo Circuito das Américas, na cidade de Austin, no Texas, nos Estados Unidos.

Baldassarri, líder do campeonato, estabeleceu um novo recorde de volta mais rápida para o circuito, sendo 0,9 segundos mais rápido que seu próprio recorde obtido em 2018. E ele não foi o único piloto a definir novas marcas: o espanhol Jorge Navarro, terceiro colocado na prova anterior, levou sua máquina Speed Up à pole position com quase 0,8 segundos mais veloz que o seu recorde anterior.

Na volta de abertura da corrida, um acidente envolvendo quatro motocicletas na saída da primeira curva exigiu bandeira vermelha e uma nova largada. O piloto espanhol Augusto Fernandez, em recuperação, que perdeu as primeiras duas corridas após cirurgia por uma fratura dupla no pulso, assumiu a liderança inicial logo à frente de Baldassarri, seu colega na equipe Flexbox HP40.

Por volta da metade de prova, Baldassarri assumiu a ponta e garantiu outra vitória importante, estendendo sua liderança no campeonato para os 17 pontos. O pole position Navarro batalhou muito, após cair para quinto na primeira volta, tendo que brigar com Fernandez e conquistando o segundo lugar na penúltima volta, subindo para o quarto lugar na classificação geral do campeonato.

Com os novos motores Triumph de 765 cc, a velocidade mais alta neste fim de semana foi obtida por três pilotos: Navarro, Xavi Vierge e Alex Marquez, todos chegando aos 251,1 km/h. “Após quatro corridas da nossa primeira temporada na Moto2, as três vitórias iniciais de Lorenzo representam uma grande realização, especialmente considerando como a categoria está competitiva este ano.

O fato de três pilotos estabelecerem a mesma velocidade máxima durante o fim de semana indica o nível de igualdade que buscamos e, o mais importante, sempre com corridas muito acirradas. Com novos recordes de volta mais rápida e velocidade máxima estabelecidos neste fim de semana, o nível da categoria está incrivelmente alto e estamos contentes com a participação da Triumph em tornar este show ainda mais empolgante”, afirmou Steve Sargent, CPO da Triumph.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também