O chamado envolve modelos F 650 GS/CS, F 650 GS Dakar, F 800 GS/S, G 650 XMoto/XCountry e XChallenge, K 1200 RS/S/R e R 1100 R/S, R 1150 GS/RT/Rockster, R 1150 GS Adventure, R 1200 GS Adventure, R 1200 C/GS/RT e HP2 Enduro

POR REDAÇÃO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A BMW Motorrad Brasil realiza um recall envolvendo modelos das linhas F, G, K e R comercializados no país. Os proprietários das motocicletas envolvidas devem entrar em contato com um concessionário autorizado da marca para agendar gratuitamente a verificação e, se necessário, o reparo dos componentes que podem apresentar inconformidades técnicas, não se descartando risco de acidentes e danos físicos e/ou materiais aos ocupantes das motos e a terceiros.

LINHA F

Os modelos F 650 GS e F 650 CS, fabricados entre 2000 e 2002, estão sendo convocados devido a riscos de perda de eficiência de frenagem na roda traseira, desligamento repentino do motor e vazamento de combustível na região da bomba de combustível. Os reparos incluem a instalação de clipe de reforço na balança traseira, substituição do diodo do relé principal e reparo do flange da bomba de combustível.

Os modelos F 650 GS e F 650 GS DAKAR, fabricados em 2006, estão sendo convocados para substituição da parte inferior do quadro. O risco envolvido é de queda repentina do veículo enquanto o veículo permanece estacionado ou no momento em que o piloto e garupa montarem no veículo.

Já os modelos F 800 S, F 800 GS e F 650 GS, fabricados entre 2006 e 2008, estão sendo chamados devido a riscos de bloqueio da roda traseira, possível perda repentina da força motriz e instabilidade direcional. Os reparos incluem correção na rota do tubo de respiro do tanque de combustível; substituição dos elementos de fixação da coroa traseira; verificação e, se necessário, substituição do eixo da roda dianteira.

LINHA G

As motocicletas G 650 Xchallenge, G 650 Xmoto e G 650 Xcountry, fabricadas entre 2006 e 2008, são convocadas para substituição da mangueira de saída da bomba de combustível; substituição do espaçador da corrente de transmissão final e da pala do amortecedor traseiro (apenas modelo Xchallenge); verificação e, se necessário, reparo do cubo da roda traseira. Os riscos envolvem o bloqueio da roda traseira, vazamento de combustível e travamento do amortecedor traseiro.

LINHA K

As motocicletas K 1200 RS, K 1200 S e K 1200 R, fabricadas entre 1997 e 2006, são convocadas em razão de riscos associados à perda de controle do veículo e redução na eficiência de frenagem dianteira. Os reparos necessários incluem a verificação e, se necessário, substituição da bomba de óleo; verificação e eventual correção do torque dos parafusos de ajuste dos manetes de freio e embreagem; substituição do parafuso banjo e dos discos de freio dianteiros.

LINHA R

Os modelos R 1100 R e R 1100 S, fabricados entre 1996 e 1998, devem ser encaminhados a uma concessionária autorizada para verificação e, se necessário, substituição ou correção dos seguintes componentes e sistemas:  chicote do canhão de ignição e chicote elétrico; amortecedor dianteiro; junta esférica no pedal do freio traseiro; conjunto do distribuidor de combustível. Os riscos estão associados com o desligamento repentino do motor, perda de controle do veículo, falha no acionamento do sistema de freio traseiro e vazamento de combustível, respectivamente.

Já os modelos R 1200 C, fabricados entre 1997 e 2000, devem ser avaliados para substituir as chapas de apoio e fixação do banco do passageiro; refazer a rosca e substituir os elementos de fixação da mesa superior; verificar e, se necessário, corrigir o torque dos parafusos de ajuste dos manetes de freio e embreagem. O risco decorrente da falta desses reparos é a perda de controle do veículo.

Os modelos R 1150 GS, R 1150 GS Adventure, R 1150 RT e R 1150 Rockster, fabricados entre 1999 e 2003, participam do recall para instalação do coxim e, se necessário, substituição da tubulação do fluído de freio dianteiro; instalação de disco distanciador e, se necessário, substituição da roda fônica e sensor do ABS; substituição do flexível de freio da roda traseira; correção da rota dos cabos do sistema de ignição. Os riscos estão associados com a redução na eficiência de frenagem dianteira ou traseira e desligamento repentino do motor.

Os modelos R 1200 GS e RT, fabricados entre 2004 e 2005, devem comparecer à rede de concessionárias para os seguintes reparos: verificar e, se necessário, substituir a junta da bomba de combustível; instalar as coberturas das polias do cabo do acelerador; verificar e, se necessário, substituir o parafuso banjo no flexível de freio dianteiro; corrigir a rota do chicote do sensor do ABS dianteiro. Os riscos estão associados com o desligamento repentino do motor, perda do controle do veículo e redução na eficiência de frenagem dianteira.

Os modelos HP2 Enduro, fabricados entre 2005 e 2006, são chamados para substituir os anéis de vedação e espaçamento do sensor do ABS da roda traseira e substituir o parafuso dianteiro de fixação do paralever. Os riscos estão associados com a possível derrapagem da roda traseira.

Os modelos R 1200 GS e R 1200 GS Adventure, fabricados em 2008, são convocados para substituição do módulo do ABS. Os riscos estão associados com a redução na eficiência de frenagem.

AGENDAMENTO

Os reparos das inconformidades técnicas apresentadas nesta campanha de recall podem ser agendados imediatamente. O tempo total de reparo é de até 2 horas (linhas F e G), e de 3 a 4 horas (linhas K e R).  Para verificar se sua unidade está dentro do sequenciamento de chassis ou, para mais informações, acesse www.bmw-motorrad.com.br, clicando na opção Serviços e Acessórios, Recall e Consulta de Recall, ou entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente BMW, exclusivo para Recall, 0800 019 7097, de 2ª a 6ª feira, das 8h às 19h.

Para mais informações sobre a BMW Motorrad no Brasil, acesse:

www.bmw-motorrad.com.br

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here