Moto Adventure esteve no Ducati Clube de Brasília para acompanhar uma turma de apaixonados pela marca italiana em um passeio pelas ruas da capital federal. Foram 35 motos de diversos modelos (todos da Ducati)

TEXTO E FOTOS: LAERTES TORRENS FILHO

Fomos convidados para participar de um fim de semana com os Ducatistas da Capital Federal (Brasília), onde conhecemos a história dos associados e amantes da marca italiana – grupo conhecido mundialmente pela sigla “DOC” (de Desmo Owner’s Club), e que reúne amantes do tipo de motor desenvolvido pelos engenheiros da Ducati. Para formar um DOC, é necessário ser proprietário de uma concessionária Ducati na cidade e ter ao menos dez membros motociclistas, para, assim, solicitar a abertura do grupo junto à fábrica. Com a abertura da concessionária de Brasília, em 2015, foi formado o ”DCB” (Ducati Clube Brasília), pelo presidente Rafael Valente e outros aficionados. Em 2016, os associados participaram, pela primeira vez, do Brasília Capital Moto Week. De lá para cá, homologaram o evento como especial de todo o ano.

Iniciamos nossas atividades com o pessoal do DCB na concessionária Ducati Champion, onde fomos muito bem recebidos. Verificamos de perto a infraestrutura e o atendimento juntos aos clientes, que teceram muitos elogios ao tratamento que receberam. Saímos de lá para tomar o café da manhã com os associados, em um galpão de 220 m² localizado dentro do Brasília Capita. Os Ducatistas participaram pela terceira vez do maior encontro motociclístico da América Latina e, agora, o segundo maior do mundo.

A parceria entre o clube e a concessionária foi um sucesso! Houve diversas atrações durante os dez dias do encontro. Os motociclistas e seus familiares curtiram bandas de rock e se alimentaram em um “food truck” exclusivo do grupo, enfeitado com as cores da bandeira da Itália. A programação do galpão era extensa. Lá, os convidados puderam apreciar petiscos, refrigerantes, drinks e alimentação variada, com saladas, pratos quentes e sobremesas (tudo acompanhado por música de qualidade).

O PASSEIO

O “rolê” pela cidade era exclusivo para os Ducatistas, que foram chegando naquela manhã de sábado (21/07/18) com uma variedade incrível de modelos da marca. Cada moto que chegava provocava um “furor” – uma era mais imponente que a outra, o que dificultou a escolha de uma preferida por parte de nossa equipe. Havia 35 motos da fabricante italiana – com certeza, uma das maiores concentrações de associados do país.

O destino era um dos mais novos pontos turísticos da capital federal: a Torre Digital, com 182 mts de altura e conhecida como “A Flor do Cerrado”. A obra foi projetada por Oscar Niemayer, está localizada em uma das regiões mais altas de Brasília e pode ser vista de quase todos os pontos da cidade. Durante a programação, os associados receberam alguns influenciadores do setor, que ministraram palestras sobre pilotagem segura. É claro que os principais assuntos, ao longo de todos os dias de evento, foram as tecnologias embarcadas nas motos, viagens, hotéis, restaurantes e a participação das famílias nesse contexto.

O presidente do clube, Rafael Valente, declarou já estar planejando a quebra de recorde de participantes Ducatistas na próxima edição do Brasília Capital Moto Week. Certamente, estaremos lá, para acompanhar tudo de perto e torcer para que a meta seja alcançada!

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here