BMW Rio Moto Clube: Invasão alemã em Minas

BMW Rio Moto Clube organizou um evento que misturou arte, música, comida e, é claro, muita motocicleta bonita

Texto: Laertes Torrens Filho e Guilherme Derrico
Fotos: Laertes Torrens Filho

O evento

O primeiro evento do ano realizado pelo BMW Rio Moto Clube aconteceu na cidade de Pouso Alto, em Minas Gerais, mais precisamente no Hotel Serraverde, entre os dias 24 e 26 de março. A programação foi extensa, incluindo muitas opções de lazer e cultura. No primeiro dia, os associados foram recebidos com um coquetel de boas-vindas, com o cardápio baseado nas comidas típicas da culinária mineira. Durante a programação houve muita música das décadas de 1970, 1980 e 1990, com artistas se apresentando ao vivo ao som de teclado e guitarra, com direito inclusive a pista de dança.

O motociclista Horácio Camargo, que nas horas vagas ataca de pintor, realizou um vernissage, onde expôs suas obras de arte com pinturas abstratas. A parte cultural estava bem agitada e o motociclista e caricaturista Romário Mello, mundialmente conhecido pelo seu trabalho, também teve suas criações expostas. Os associados puderam escolher algumas peças e recebê-las como presente, tudo ofertado pelo moto clube.

Houve palestra sobre viagens de longas distâncias com o associado José Antônio Pereira, que já rodou mais de um milhão de quilômetros de motocicleta e pode esclarecer algumas dúvidas sobre o tema.

Viagens foram tema das conversas

O público presente aproveitou para colocar os assuntos sobre as viagens em dia, e o bate-papo girava em torno de moto turismo e a alta tecnologia empregada nos novos modelos das motocicletas bávaras. Alguns aproveitaram também para curtir as piscinas aquecidas, outros para jogar tênis, enfim, o que não faltou foram atividades de diversos nichos.

A oportunidade foi perfeita para conhecer motociclistas com muita experiência sobre as duas rodas. Aziz Chidid Neto, que é o idealizador, fundador e presidente do BMW Rio Moto Clube, esteve presente no encontro. Foi possível notar o brilho nos seus olhos quando ele falava sobre os projetos futuros do moto clube, que hoje conta com 893 integrantes, com previsão de crescimento. Segundo Aziz, o BMW Rio é um moto clube familiar, no qual a mulher não fica apenas na garupa das motos. “No nosso moto clube as mulheres fazem a diferença. Elas não ficam apenas na garupa dando apoio aos maridos, e sim participam efetivamente de todas as ações”, diz o presidente.

Nas próximas edições vamos contar a história do BMW Rio, numa bela reportagem que iremos realizar diretamente da cidade do Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA