Encontro agitou os arredores da terra das Pirâmides. Organizadores prometem mais atrações para as próximas edições

Texto: Cláudia Terra
Fotos: Alex Cruisers

Beach Bikefest

Em agosto desse ano aconteceu a 2º edição do Beach Bikefest, um dos maiores eventos motociclísticos do Egito, em Alexandria, no belo litoral formado pelo mar Mediterrâneo. A antiga capital egípcia recebeu mais de 400 motociclistas e 15 moto clubes, além de vários clubes de Jeeps em um luxuoso resort, o Four Seasons Hotel, na costa de Sant Stefano. Um dos grandes momentos do encontro é o desfile pelas ruas da cidade, onde os motociclistas rodam juntos com suas super máquinas por um trajeto de 15 km pela orla de San Stefano. Tudo muito bem organizado.

”Normalmente, temos um ponto de encontro fora da cidade em uma grande área vazia. Então, tentamos organizar o local de estacionamento, definindo a bandeira de cada grupo na área onde ele irá parar. Então, quando chegam, eles sabem onde estacionar. E geralmente, temos oficiais nos estacionamentos para ajudar a organizar isso. Depois que os grupos chegam, nós passamos algum tempo juntos e fazemos fotos e, em um horário fixo, começamos a nos mover em um desfile pelas ruas da cidade, tudo de acordo com as autoridades de trânsito. Temos patrulhas e carros com a gente. A maior parte da rota é junto ao mar, depois retornamos ao local do evento. Quando o Beach Bikefest termina, os grupos deixam o local por vontade própria e quando quiserem. Temos uma agência profissional para tirar fotos e registrar tudo. Queremos manter todas as memórias e compartilhá-las com muitas pessoas pelas redes sociais”, explica Mohamed Farouk, um dos fundadores do Alex Cruisers, representante do grupo na Arábia Saudita e motociclista com muitos quilômetros rodados e muitas histórias legais vividas  em cima de uma  moto.

Mohamed fala de alguns dos seus costumes a bordo de uma motocicleta. “Eu costumo rodar de moto para Dubai em férias. É um passeio de 1000 km. Gosto de rodar longas distâncias. As principais distâncias por aqui são: Dubai (1000km), Doha (600km), Kuwait (800), Muscat (1500) e Salalah (2500km). Eu  já viajei  daqui para o Egito em  uma viagem de 2 dias, sendo 1500 km até cidade de Dubai e mais 700 km até Alexandria, minha cidade no Egito. Nestes 2 anos aqui já fiz 45.000 km, rodando por toda a região. Rodar de moto é minha vida, eu não posso viver sem isso”, afirma.

Beach Bikefest

Planejando o futuro

Oficialmente, esta edição do Bikefest, assim como a anterior, teve somente um dia de evento, mas, para a edição de 2018, que já está sendo planejada, mudanças acontecerão. De acordo com Sherif Hamouda, presidente e um dos fundadores do moto grupo Alex Cruisers, a terceira edição terá muitas novidades, entre elas o aumento dos dias de evento e terá camping na praia, além de ampliar a receptividade a grupos de outros países que tiverem interesse. A data ainda está sendo definida e o evento será realizado em julho ou agosto. Para o camping na praia, os convidados não terão que trazer seus equipamentos. Segundo Ahmed Magdy Amer, integrante do grupo desde 2014 e um dos membros do conselho, tudo está sendo planejado para que os motociclistas não tenham que levar barracas de camping para o evento, e o Alex Cruisers deseja oferecer as barracas. Fora isso, na próxima edição, possivelmente terá apresentação de música ao vivo com vários estilos e bandas de rock, inclusive. No grupo, há muitos fãs de música country, rock entre outros estilos. Nas edições anteriores tiveram somente DJs.

Os organizadores definem a data de acordo com a disponibilidade de férias e folgas de trabalho dos convidados para que eles possam ir ao evento e se divertirem com tranqüilidade. “Os dias do evento são sempre definidos de acordo com os nossos irmãos nos grupos convidados, considerando os compromissos de trabalho. Nós sempre desejamos passar mais tempo com nossos irmãos e com nossas máquinas, todos  reunidos”, lembra Ahmed Magdy Amer, que é motociclista de alma como todos os motociclistas que realmente vivem o “estilo biker de ser”: “Conhecer e estar no Alex Cruisers foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida. Está além de rodar, é irmandade, é família”, diz  Ahmed, que também adora rock, country e dance music.

Beach Bikefest

Só entram convidados

Apenas convidados podem participar deste super evento. “Nós não temos planos para realização de evento aberto, com livre acesso, realizaremos apenas encontros fechados, com convites, diz o presidente do AC. Os  convites para o  Beach Bikefest são enviados  com um mês antes da data do evento  e os convidados têm  até 10 dias antes da data oficial para confirmação de presença. De acordo com Sherif, o convite é gratuito.  “Oferecemos bebidas de boas-vindas e atividades na praia, música durante todo o dia. O evento tem competição de corrida, jetski, competição de voleibol de praia, levantamento de peso e venda de acessórios para motocicletas. E só os grupos de motocicletas e bikers solitários, amigos dos grupos, que são convidados. Existe apenas um tipo de convite e tudo isso é financiado pelo moto grupo Alex Cruisers. Somente  a alimentação e a hospedagem devem ser pagas pelos convidados”.

O moto grupo Alex Cruisers foi fundado em 2010, e tem o slogan “Let freadom rider”. É o primeiro grupo organizado de Alexandria e um dos fundadores da TUBE (The United Bikers of Egypt), importante órgão não governamental para o meio motociclístico do Egito. “Essa é uma união para os maiores e respeitáveis grupos egípcios, e que, atualmente, conta com 14 motos grupos associados, diz Sherif Hamoud.

Alguns outros membros, como Mohamed Farouk, gentilmente contou um pouco da sua história com o motociclismo e a criação do grupo, que começou após 6 anos de amizade, e que hoje são os  fundadores do Alex Cruisers. “O motociclismo veio à minha vida há 10 anos. Estava com cerca de 30 anos na época e foi uma coincidência que um amigo meu comprou uma moto e me mostrou. Nesse momento eu descobri o que eu queria  para mim: ser motociclista! E isso transformou minha vida. Eu comprei minha primeira motocicleta, o mesmo modelo que vi com meu amigo e comecei a andar. Rodei por alguns anos sozinho, depois conheci alguns bikers que já rodavam e começamos o grupo Alex Cruisers, e desde então estamos sempre juntos. Alex Cruisers significa a família, a lealdade e a diversão. É vida! Mesmo agora que moro em outro país, eu sempre  volto ao Egito para rodar com eles”, diz Mohamed Farouk.

Os fundadores do Alex Cruisers são: Sherif Hamouda, Haytham Elsayed, Karim Amrawy, Ahmed Shawky, Ziad Younis, Mohamed Sallam e Mohamed Farouk. Atualmente, o grupo conta com 25 membros. A inspiração maior para a criação desse grupo é ter uma irmandade respeitável. A origem do nome do grupo vem do fato dos amigos serem de Alexandria. “Alex representa a cidade de Alexandria e, como nós, os fundadores, sempre cruzamos juntos as estradas da região, veio a ideia de Alex Cruisers. A diretoria do grupo é composta por Conselho de Administração, que é formado por eleições e eu sou o atual presidente. Temos Vice-Presidente, Tesoureiro, Administrador de Relações Públicas, Representante de Fundadores e Administrador de Eventos”, explica Sherif.

Beach Bikefest

Perfis variados

O grupo reúne membros com diferentes perfis profissionais, como engenheiros, oficiais, banqueiros e várias outras especialidades. As principais motos do grupo são Yamaha, Honda, Suzuki e Harley-Davidson. Os membros não usam tattoos, curtem rock n’ roll e country music, e se reúnem várias vezes durante a semana. O Alex Cruisers aceita pedido de integração ao grupo de qualquer pessoa que tenha interesse em motocicletas de cruzeiros e passeios. O grupo aceita mulheres e já teve integrante feminino. “Nós tínhamos um membro feminino, ela ficou por anos conosco, mas, depois ela parou de rodar”, lembra Mohamed. O interessado a se tornar membro tem que atender aos critérios de seleção do AC. Atualmente, o grupo tem representantes em Abu Dhabi, Arábia Saudita, Emirados Árabes e Omã.

Entre as regras do Alex Cruisers, há uma limitação de idade mínima, que é de 25 anos para ser membro; o integrante deve possuir uma motocicleta de cruzeiro com um motor superior a 750cc; o membro deve ter uma carta de condução de moto válida e uma licença de registro válida para sua bicicleta, e deve enviar cópias desses documentos; apenas motos de cruzeiros e de turismo personalizadas são permitidas no grupo AC. Para se inscrever, um convidado deve participar de 1 a 2 passeios longos; deve ter compromisso com as regras do grupo AC e padrões de conduta. O interessado deve enviar o pedido para um administrador do grupo para ser avaliado.

Um pouco de história

O Bikefest começou como uma ideia simples do Alex Cruisers de associar atividades divertidas e de confraternização, com reuniões de verão do grupo. “Queríamos organizar uma reunião de verão para todos os grupos de motociclistas no Egito e, como a nossa cidade tem excelentes praias e o tempo no verão é muito agradável, então porque não misturar a reunião com diversão, com praia, música, boas refeições e competições esportivas?”, diz Mohamed.

Eis que essa ideia deu 100% certo e fica maior a cada ano, para a alegria de todos os bikers e orgulho do Alex Cruisers. “A principal diferença entre o Bikefest Egypt e outros eventos locais é que o Bikefest é tudo sobre Passion & Fun. Organizamos o evento com amor e paixão, todos os nossos convidados estão vindo com esse intuito para celebrar amizade”, conta Khaled Hassan, membro do Alex Cruisers há 4 anos e representante  do  grupo em  Abu Dhabi e Emirados Árabes Unidos.

O moto turismo no Egito está em pleno crescimento, com surgimentos de muitos grupos e eventos bem organizados que encantam os motociclistas de qualquer país. Egito tem muitos belos lugares para se conhecer de moto, além dos monumentos clássicos, que tornam o país um grande destino turístico no planeta. A próxima edição promete internacionalizar o Beach Bkefest, porém, oficialmente ainda não existe serviço de aluguel de motos para quem chega ao Egito de avião e quer uma motocicleta para  rodar e curtir o país. Mas, de acordo com Sherif, presidente do Alex Cruisers, esse problema será resolvido. “No caso de termos grupos internacionais, conseguiremos algumas motocicletas para aluguel, que precisam ser reservadas previamente”.

Independente do país, motociclistas em geral têm o mesmo espírito. “Somos pessoas livres e felizes, com amigos por todo o planeta. Uma grande família sem fronteiras com a mesma vibração, com muito amor e respeito em uma grande irmandade. Somos todos um só! O motociclismo no Egito é um exemplo disso. Então, vamos pegar a estrada e enrolar os cabos, felizes, com amor, respeito, estilo e liberdade. Egito: mais um grande destino motociclístico para os verdadeiros amantes de aventura”, finaliza Mohamed.

Agradecimento especial ao Sherif Hamouda por ter aceitado fazer a reportagem e aos  membros: Mohamed Farouk, Ahmed Magdy Amer e Khaled Hassan. Todos vocês estão convidados a conhecer o motociclismo no Brasil sempre que desejarem.

 

Perfis indicados:

https://www.facebook.com/AlexCruisers/

https://www.facebook.com/EntusiastaAdventure/

 

*Cláudia Terra é jornalista, motociclista e amante do universo Harley-Davidson. Para segui-la, acesse o blog:

http://entusiastaadventure.blogspot.com.br

#cmdterra 

 

VEJA TAMBÉM: Você sabia que existe moto clube no Egito? Conheça o PTS Cruisers.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here