Depoimento do Repórter: Triumph Bobber – Força que traz felicidade

Triumph Bobber
Triumph Bobber

Motocicleta da marca inglesa foi testada pelas ruas de SP, e o resultado você confere agora

Por: Guilherme Derrico
Fotos: Divulgação

 

Triumph Bobber

Entre os dias 30/06 e 03/07, tivemos a oportunidade de pilotar a nova Triumph Bonneville Bobber pelas ruas de São Paulo, mais precisamente realizando o trajeto entre os bairros do Morumbi e Ipiranga num percurso de ida e volta, o que totalizou cerca de 60 quilômetros percorridos.

A primeira impressão de todas foi a força que a máquina exibe. Seu motor de 1200HT fornece torque ideal para uma pilotagem empolgante e segura. São 106 Nm de torque (a 4.000 rpm) e 77 cv de potência (a 6.100 rpm). O propulsor ganhou uma afinação típica “Bobber”, o que significa uma dose maior de torque e potência em baixas rotações.

Triumph Bobber
Triumph Bobber

Para se ter ideia, a 4.500 rpm, o motor da Bobber oferece cerca de 10% mais torque e potência do que a Bonneville T120. O intervalo de acionamento de 270˚ garante um rendimento de potência suave e linear a partir de caixa de marchas bastante precisa e macia, com cinco velocidades.

Seguramente, posso afirmar que a moto será um sucesso de vendas para a Triumph, pois, além de todas essas características citadas, o design dela é muito bonito. As ruas da terra da garoa ficaram pequenas para tanta potência.

E que venha o próximo teste!

FICHA TÉCNICA:

Potência Máx – 77 PS (56,6 kW) a 6.100 rpm

Torque Máx. – 106 Nm a 4.000 rpm

Freio dianteiro – Disco de 310 mm, pinça flutuante de 2 pistões Nissin, ABS

Freio traseiro – Disco único de 255 mm, pinça flutuante de pistão único Nissin, ABS

Suspensão dianteira – KYB, garfos de 41 mm, curso de 90 mm

Suspensão traseira – KYB, amortecedor único com articulação, curso da roda traseira de 76,9 mm

Preço: R$ 49.990,00

Cores: Jet Black, Morello-red, Ironstone

VEJA TAMBÉM: Depoimento do Repórter: SH 150i – Pequena e Sagaz.

DEIXE UMA RESPOSTA