A nova italiana aventureira irá substituir a Multistrada 950

Com o projeto Multistrada V2, a empresa de Borgo Panigale trabalhou para evoluir ainda mais o bicilíndrico da família das Ducati V2, criando uma moto 360°, mais intuitiva, confortável, divertida e acessível.

A nova Multistrada V2 é tecnologicamente avançada, com um pacote eletrônico extremamente completo e representa a porta de entrada perfeita para o universo Ducati Tourer.

Durante as fases de desenvolvimento desta moto, os principais pontos de atenção foram a ergonomia, redução de peso, atualizações do motor e uma série de atualizações que seguem a filosofia de “melhoria contínua”.

O design da Multistrada V2 é elegante e esportivo ao mesmo tempo, perfeitamente alinhado aos cânones estilísticos e reconhecíveis da família de motos de Borgo Panigale. Um estilo caracterizado por linhas fluidas, superfícies limpas e o equilíbrio característico e distinto entre o importante volume frontal e a esbelta leveza da traseira. A Multistrada V2 também apresenta novos gráficos, que mostram o nome da moto dos dois lados.

A nova V2 está equipada com a mais recente evolução da unidade Testastretta 11° de 937 cc. O motor de comando desmodrômico, quatro válvulas por cilindro, refrigerado a água, oferece 113 cavalos de potência e aproximadamente 10 kgf.m de torque máximo. Este bicilindro é muito linear, manejável e suave em baixas rotações, e é equipado com um torque que está sempre pronto e vigoroso, que se necessário pode liberar todo o caráter esportivo e típico da Ducati. Consistente e robusto, o motor tem intervalos de manutenção estendidos, com troca de óleo a cada 15.000 km e verificação da folga das válvulas a cada 30.000 km.

A evolução do Testastretta 11° montado na nova Multistrada V2 traz importantes melhorias: novas bielas, nova embreagem hidráulica de 8 discos e caixa de câmbio atualizada, que garante maior fluidez e precisão nas mudanças, facilitando também o engate do neutro. Um progresso ainda mais apreciável em uso em conjunto com o quick-shifter, agora com uma estratégia operacional ainda mais otimizada.

O chassi da moto é ágil, com roda dianteira de 19 “que garante um passeio suave, confortável, sempre com o nível certo de reatividade e precisão. Extremamente versátil, a moto também é ideal para uso urbano, graças à eficácia do Ducati Skyhook Suspension EVO, sistema de suspensão semi-ativa (padrão na versão S), que pode absorver as irregularidades e desníveis do solo e garantir sempre a configuração ideal do veículo, melhorando a segurança e o conforto.

Um importante trabalho de desenvolvimento foi feito na ergonomia da moto para torná-la mais confortável e intuitiva, capaz de deixar qualquer piloto à vontade em qualquer situação. A altura foi reduzida para 830 mm, com uma forma redesenhada do selim que agora é mais estreita e mais compacta entre as pernas do piloto para permitir que você toque o solo facilmente com os pés graças a um arco interno de apenas 1790 mm.
Essas mudanças fornecem segurança quando a moto está parada e aumentam a confiança ao manobrar em baixa velocidade, mesmo com um passageiro e malas cheias. Além disso, no catálogo Ducati Performance estão disponíveis um assento baixo e um kit de suspensão rebaixada que, combinados, permitem atingir uma altura de 790 mm.

O trabalho no assento também se concentrou no conforto de condução: o novo formato do selim proporciona uma área plana que garante ao piloto liberdade de movimentos no sentido longitudinal, melhorando o nível de conforto e permitindo que qualquer pessoa encontre a posição ideal.

A posição de pilotagem está agora mais confortável com às novas pedaleiras herdados da Multistrada V4 que, graças a um aumento de 10 mm na distância do assento, garantem o espaço certo também para os pilotos mais altos, evitando que dobrem as pernas excessivamente, e permitindo assim uma posição mais repousante durante viagens longas.

Outra importante área de melhoria é a redução do peso da moto, que, através do trabalho em muitos elementos, resultou em uma redução de 5 kg de peso em comparação com a Multistrada 950. A atualização do motor gerou uma economia de cerca de 2 kg, incluindo a embreagem (1,5 kg) e sua tampa, tambor da caixa de câmbio e bielas. Várias partes do veículo foram iluminadas, incluindo os espelhos, derivados da Multistrada V4, os flanges do disco do freio dianteiro e os aros: os novos aros de montagem da Multistrada V2 derivados da Multistrada V4, que são cerca de 1,7 kg mais leves, gerando assim um importante melhoria no comportamento dinâmico do veículo. Rodas raiadas também estão disponíveis no catálogo Ducati Performance, que foram significativamente mais leves.

A Multistrada V2 é equipada de série com um pacote eletrônico de última geração que oferece tudo que você precisa para viajar com conforto e segurança. O pacote inclui ABS de curva, que garante alto grau de segurança na frenagem mesmo nas curvas, Vehicle Hold Control, que facilita a largada em vias inclinadas, Ducati Traction Control, os quatro Modos de Condução (Sport, Touring, Urban, Enduro) totalmente configuráveis pelo usuário e o novo sistema Ducati Brake Light que, em caso de frenagem repentina, ativa automaticamente o piscar da luz traseira para sinalizar a condição de abrandamento súbito de forma adequada.


Na versão S a jornada torna-se 5 estrelas graças a um pacote totalmente opcional de referência para o segmento, que vê a adição da suspensão eletrônica Skyhook, Cruise Control, farol full-LED equipado com função Ducati Cornering Lights que otimiza a iluminação do a estrada baseada na inclinação da motocicleta, sistema Ducati Quick Shift Up & Down, mãos livres, um painel TFT colorido de alta resolução de 5 “com interface intuitiva e controles de guidão iluminados.

A gama de cores consiste na clássica cor “Ducati Red” com aros pretos, disponível para Multistrada V2 e Multistrada V2 S, juntamente com a nova pintura “Street Grey” com moldura preta e aros “GP Red”, que só podem ser encomendados para a versão S.

Para a família Multistrada V2, existem dois níveis de acabamento que podem ser encomendados diretamente da fábrica. O acabamento Essential está disponível para Multistrada V2 e Multistrada V2 S, enquanto o acabamento Travel, com bolsas laterais, punhos aquecidos e suporte central, só pode ser pedido para a versão S.

A Multistrada V2 estará disponível nas concessionárias européia da rede Ducati a partir de novembro de 2021. Ainda não sabemos quando irá chegar aqui e muito menos quanto custará, mas é provável que venha no começo do ano que vem e custe um pouco mais que a Multistrada 950.

Moto Adventure, a Revista dos Melhores Motociclistas

Let’s Go Together! 

Deixe uma resposta