Final foi disputada neste domingo (26) em Interlagos (SP)

Texto: Redação
Fotos: Luiz Barreto/Ricardo Santos/Vipcomm

Superbike Brasil

Uma semana após conquistar de maneira inédita para o Brasil o título de campeão Europeu de Motovelocidade, Eric Granado conquistou neste domingo (26/11) o SuperBike Brasil, maior competição da modalidade na América Latina. O jovem piloto de 21 anos venceu a primeira bateria da 8ª e última etapa, em Interlagos (SP), com uma Honda CBR 1000 RR Fireblade.

Piloto oficial Honda Racing, Granado recebeu o carinho da equipe e da família ainda na pista. Com camiseta comemorativa de campeão do Superbike, deu uma volta pela pista acenando para os fãs nas arquibancadas.

Na reta dos boxes, agradeceu o apoio da torcida, que lotou as arquibancadas e foi ao delírio. Em seguida, deixou a moto nos boxes e subiu no muro para comemorar. No pódio, a festa foi completa. “Muita emoção, muita felicidade. A Honda Racing fez um trabalho incrível. Foi um ano perfeito”, disse Granado.

Outros participantes

Durante a bateria, chegou a ficar em terceiro lugar. Mas, ultrapassou os adversários na metade da prova e disparou na liderança. “A temperatura do asfalto estava alta e o grip (aderência) foi baixando. A estratégia foi guardar pneu para o final e isso me deu tranquilidade”, comentou o campeão, que em 2018 disputará novamente o Superbike e estará também no Mundial de Motovelocidade, Moto 2, pela equipe suíça Forward Racing Team.

O segundo colocado, que tirou a possibilidade de Barros disputar o título na segunda bateria, foi o uruguaio Max Gerardo. Ele foi campeão da categoria 600cc SuperSport Pro do Superbike com uma etapa de antecedência e neste fim de semana correu na principal categoria, a 1000cc.

Os outros dois pilotos oficiais Honda Racing, Diego Faustino e José Luiz Cachorrão, ficaram em sexto e sétimo lugares na bateria, respectivamente.

VEJA TAMBÉM: Especial Honda: NC 750X, para todos os terrenos.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here