MotoGP: Vinãles é quarto lugar na Itália e Valentino Rossi terá substituto

Maverick Viñales

Apesar do mal tempo, o piloto da Equipe Movistar Yamaha fez uma boa prova e marcou pontos importantes para se manter entre os favoritos ao título

Texto: Redação
Fotos: Yamaha Racing/Yamaha MotoGP

 

MotoGP

Foi sob céu escuro e uma certa tensão que Maverick Viñales alinhou sua Yamaha M1 para a disputa da 13ª etapa do Campeonato Mundial de MotoGP no Circuito Mundial de Misano Marco Simoncelli, na Itália. Apesar da conquista da pole no dia anterior, o piloto espanhol sabia que as dificuldades em função da chuva e do mal tempo poderiam mudar os rumos da prova. Com seu colega de equipe, Valentino Rossi, incapaz de competir no Grande Prêmio devido a uma lesão, Viñales defendeu sozinho as cores da Movistar Yamaha, atraindo olhares e também a torcida dos fãs da marca japonesa.

Optando por um estratégia mais conservadora e segura, Viñales entrou na primeira curva com cuidado, em quarto lugar. Até que seus pneus chegassem à temperatura ideal de aderência, um “pequeno balanço” na segunda volta lhe serviu de advertência de quão complicada era a condição da pista úmida. Tanto que, na volta seguinte, o piloto da Equipe Movistar Yamaha cedeu a posição para Danilo Petrucci.

Viñales gradualmente aumentou seu ritmo em cada setor, na busca por seu limite. Ele estabeleceu as melhores voltas consecutivas, sempre mantendo um olho em seus perseguidores. Mas, a disputa com Cal Crutchlow e Jack Miller, que o tirou um tempo valioso, fez crescer a distância para o pelotão da frente. Crutchlow sucumbiu às condições traiçoeiras da corrida, permitindo assim que MV25 aproveitasse a oportunidade e assumisse de volta a quarta posição, melhorando novamente o seu ritmo.

Maverick Viñales
Maverick Viñales

Ao abrir mais de 2 segundos de vantagem sobre Michele Pirro e Miller, Viñales acabou ficando sozinho no final da corrida, sem chances de brigar pelo terceiro lugar e, ao mesmo tempo, livre de ataques pela 4ª colocação.

Os resultados da etapa italiana mantêm Viñales em terceiro lugar na classificação do campeonato, porém, com grandes chances de conquista do campeonato, já que com 5 etapas ainda por serem realizadas, o piloto espanhol segue a apenas 16 pontos atrás dos líderes, e 26 pontos à frente de Rossi, que ocupa o quarto lugar na classificação.

Confiante, Viñales declarou: “Estou feliz com o resultado, pois foi o melhor que pude fazer. Honestamente, tirei 100% da minha Yamaha M1. Tentei obter o melhor resultado, que hoje foi um quarto lugar. Temos de continuar a trabalhar da mesma forma, porque aqui na Itália houve uma melhoria em comparação com a corrida molhada no Sachsenring, especialmente no quesito agilidade da moto. Mesmo assim, ainda precisamos de mais aderência na tração. Vou ter que forçar em Aragón, e acredito que podemos tirar a diferença de 16 pontos para nossos rivais. No seco, fomos muito rápidos e fico feliz por ter dado outro passo em Misano. Espero que possamos fazer o mesmo na Espanha”.

A Movistar Yamaha MotoGP Team ocupa o segundo lugar no Campeonato de Equipes, com uma margem de 9 pontos para o primeiro colocado. No Campeonato de Construtores, a Yamaha também segue em segundo lugar, com uma diferença de apenas cinco pontos dos líderes.

A 14ª etapa do MotoGP, o Gran Premio Movistar de Aragón, acontecerá no MotorLand Aragón no dia 24 de setembro, em Aragão, Espanha.

Van Der Mark substituirá Rossi na Espanha

Enquanto Valentino Rossi se recupera da lesão que sofreu na perna enquanto treinava em uma moto de enduro nos arredores de sua casa, na Itália, um substituto pilotará sua Yamaha YZR-M1 no 14º round do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2017, que acontecerá na pista MotorLand Aragón, em Aragão, Espanha. O piloto designado para a missão é Michael Van Der Mark, que disputa o WorldSBK na Equipe Oficial Yamaha.

Rossi está tendo um bom progresso no processo de reabilitação, mas, no entanto, espera-se que ele não possa competir novamente antes do Grande Prêmio do Japão no Twin Ring Motegi, a ser realizado entre os dias 13 e 15 de outubro.

VEJA TAMBÉM: Pilotando por Ibiza, Espanha.

DEIXE UMA RESPOSTA