Imprevistos minaram as chances de pódio da equipe curitibana em Ourinhos (SP)

Texto: Redação
Fotos: Bruno Mani/Vipcomm

Arena Cross Brasil

A 3ª etapa do Arena Cross Brasil começou com imprevistos. No sábado, 7 de outubro, a rodada foi adiada por conta das chuvas que castigaram a região de Ourinhos, no interior de São Paulo. Para segurança dos competidores, a organização transferiu as provas para 12 de outubro, feriado de quinta-feira, algo bastante raro na história do campeonato.

Nesse dia, a Escuderia X alinhou para a disputa com três competidores na MX1, a categoria principal. O campeão brasileiro de motocross, Jetro Salazar, fez boa largada na primeira bateria e saiu na 2ª posição, segurou em uma tocada constante e cruzou a linha de chegada em 3º lugar. Lucas Dunka foi o 8º colocado e Leandro Pará o 12º.

Na segunda prova, Salazar novamente saiu bem, na 2º posição, mas durante uma queda ficou com o joelho preso embaixo da moto – região que já havia lesionado no Brasileiro de Motocross – e abandonou a disputa. Com problemas, Lucas Dunka também não completou a bateria. Leandro Pará fechou em 9º lugar.

Após a soma das baterias, Jetro Salazar ficou com a 8º posição, Leandro Pará com a 12ª e Lucas Dunka com a 13ª. Na classificação do campeonato, Salazar ocupa a 7º colocação, com 51 pontos, Lucas Dunka é o 11º, com 29 pontos, e Leandro Pará o 13º, com 21 pontos conquistados.

“O esporte é assim, tem que contar com a técnica, o talento, a dedicação e também com a sorte. Infelizmente não foi um bom dia para a Escuderia X, mas os pilotos estão bem e prontos para treinar e encarar os próximos desafios”, revelou Ricardo Franzini, técnico do time.

VEJA TAMBÉM: Volunturismo: de moto por São Paulo, Goias e Tocantins.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here