Marca japonesa promete impactar o público presente

TEXTO: GUILHERME DERRICO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Em 1971, a Honda iniciou no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje a moto mais vendida do país. De lá para cá, a unidade produziu mais de 24 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no Brasil.

TÁ A FIM DE GANHAR INGRESSOS PARA O SALÃO DUAS RODAS? CLIQUE AQUI E SAIBA COMO!

Com o passar do tempo, a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias que, hoje, é composta por aproximadamente 1.300 endereços.

Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa.

A presença da Honda no Salão Duas Rodas promete ser impactante! Além de seu line-up 2020, a marca japonesa vai apostar bastante no Test Ride. Alguns modelos muito aguardados pelo público estarão à disposição para testes. Com isso, o fabricante pretende conquistar ainda mais fãs, principalmente nas categorias de médias e altas cilindradas.

Veja Também