Yamaha Lander ABS 2019 chega com novo design e atributos tecnológicos que oferecem mais segurança e conforto, sem abrir mão de seu DNA

POR GUILHERME DERRICO

FOTOS: GUSTAVO EPIFÂNIO

A nova Lander 250 ABS chega ao mercado como mais uma opção para os amantes da Yamaha. Trata-se de uma motocicleta polivalente, com indicação para o uso urbano e, também, aventuras no fora de estrada (off-road). A moto é prática, fácil de conduzir e capaz de encarar com facilidade os desafios do tráfego intenso ou caminhos de terra, seja em uma utilização diária ou aventuras e passeios de final de semana. De acordo com a Yamaha, o conceito desta nova geração surgiu do resultado de pesquisas com clientes sobre as possibilidades de melhoria no modelo. Após esse levantamento, os pontos que mais chamaram a atenção foram: a moto poderia ter o visual robusto da XT660 e a agilidade, DNA off-road e conforto da Ténéré 250. O resultado é um produto que chega para causar impacto no mercado.

“Na utilização diária, a nova Lander apresenta triunfos muito importantes. A motocicleta é ágil e tem freios a disco muito bem dimensionados. Ela já vem de fábrica com sistema ABS na roda dianteira. O design chama bastante a atenção, visto que foi totalmente repaginado. Detalhes como o conjunto formado pelo para-lama dianteiro, carenagem que envolve o farol e os protetores dos amortecedores, junto com as abas do tanque, também são bastante interessantes”, diz o jornalista Laertes Torrens Filho.

EFEITO TÉNÉRÉ

O modelo 2019 da Lander incorporou qualidades da Ténéré 250 e oferece, agora, um assento em dois níveis, mais largo e ergonômico, promovendo um melhor encaixe do condutor à motocicleta e mais eficiência na acomodação do garupa, que também passa a contar com alças de apoio em alumínio. O tanque de combustível teve sua capacidade aumentada, passando de 11 para 13,6 litros. A máquina é equipada com luz de posição e tanto a lanterna quanto o farol são em Full LED, enquanto o painel digital possui indicadores de consumo médio e instantâneo.

Para quem gosta de encarar as estradas, a Yamaha criou o Kit Touring para a nova Lander ABS. Vendido na rede de concessionárias, ele contará com acessórios como bagageiro, bauletos com duas opções de tamanho – 33 e 35 litros – e protetor lateral do motor e para-brisa. A motocicleta terá três opções de cores: azul (Competition Blue), branca (Sports White) e preta (Black Eclipse). Em janeiro de 2019, os modelos já estarão disponíveis nas lojas (na mesma época, o preço será divulgado).

CHASSI

O chassi da Yamaha Lander ABS 2019 foi todo modificado e recebeu mudanças para acomodar o novo tanque de combustível e o assento em dois níveis. Todo fabricado em aço, o chassi combina a dupla trave superior com o berço semi-duplo. Por isso, é capaz de resistir a torções que incidem diretamente no comportamento da moto. Na prática, essa atualização permite que a motocicleta mude de trajetória com rapidez, de forma firme e estável.

“O novo design é moderno, com linhas cativantes. A Lander 2019 está pronta para conquistar o coração de muitos motociclistas que curtem esse estilo de moto. A posição de pilotagem é ótima e apresenta uma ergonomia perfeita. As suspensões filtram bastante as irregularidades dos pisos, sendo mais que o suficiente para enfrentar sem preocupação as ‘crateras’ das vias brasileiras. Os pneus mistos foram uma ótima escolha do fabricante, pois transmitem muita segurança ao piloto na condução em pisos fora da estrada”, afirma Laertes.

PAINEL

Totalmente digital e com iluminação em LED, o painel oferece boa leitura em diversas situações. Nele, o destaque fica por conta dos novos indicadores de consumo instantâneo e média de consumo – bastante úteis em viagens e no uso diário. Outras funções disponíveis são o velocímetro, hodômetro total e dois parciais (TRIP-1 e TRIP-2), “Fuel Trip” (que indica a quilometragem rodada na reserva), relógio, tacômetro de fácil leitura e luzes indicadoras de piscas, farol alto, neutro e alerta de motor e do sistema Blueflex.

SEM POLUIR

Um fator muito importante da Yamaha Lander 2019 é o seu novo catalizador de três vias, exigido pelas rígidas normas de emissões vigentes. Isto a torna uma motocicleta menos poluente.

 

FICHA TÉCNICA:

 

MOTOR

SOHC, 2 válvulas, refrigeração a Ar, 4 tempos

Cilindrada: 249,5

Quantidade de cilindros: 1

Potência máxima: 20,7cv/8.000 rpm (Gasolina) – 20,9cv/8.000 rpm (Etanol)

Torque máximo: 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Gasolina) – 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Etanol)

Alimentação: injeção eletrônica

Partida: elétrica

Peso seco: 143 kg

Câmbio: 5 velocidades

FREIOS

Dianteiro: disco hidráulico de 245 mm com sistema antibloqueio (ABS)

Traseiro: disco hidráulico de 203 mm

AUTONOMIA

Tanque de combustível: 13,6 L (4,1 L reserva)

Suspensão dianteira: 220mm

Suspensão traseira: 204mm

Altura do assento: 875mm

Comprimento total: 2150mm

Altura total: 1210mm

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here