A união surgiu a partir da produção de um documentário sobre motociclismo em Dubai

Por: Cláudia Terra
Fotos: UAE Royal Riders/Elena Georgieva (Egphotography.info)

 UAE Royal Riders

O moto grupo UAE Royal Riders foi oficialmente fundado em 3 de março de 2016 em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A comunidade tem mais de 55 membros, incluindo representantes no Kuwait, Omã e nos USA. O slogan deles é o: “Nós rodamos, outros seguem”. De acordo com Saud Sheerani, fundador e presidente do Royal Riders, todos no grupo são consideramos membros fundadores. O Royal Riders é uma organização não lucrativa registrada nos Emirados Árabes Unidos e no Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas.

O grupo realiza muitas atividades sociais, como dar apoio à Fundação do Autismo (ATF). “Estamos sempre ligados ao autismo através da Autism Trust Foundation. Somos um parceiro estratégico com a associação, temos o apoio da fundação, estamos registrados nos assuntos econômicos e sociais da ONU”, explica Saud.  A Fundação Autism Trust (ATF) é uma organização não lucrativa registrada no Reino Unido e no Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas. O grupo também tem apoio do EMSF A Emirates Motor Sports Federation, uma organização governamental sem fins lucrativos nos Emirados Árabes Unidos.

Estes motociclistas, com grande sensibilidade que têm, seguem o propósito de tornar os Emirados Árabes Unidos um lugar melhor para as pessoas com autismo, bem como promover o motociclismo do país. “Fazemos eventos com todas as instituições de caridade de bem-estar social nos Emirados Árabes Unidos, como por exemplo, ações sociais, culturais, esportivas”, diz Saud.

Além disso, o grupo  participa oficialmente dos  maiores eventos motociclísticos dos  Emirados Árabes Unidos, como Emirates Bikes Festival, que acontece anualmente em   Dubai. “Existem de 4 a 5 eventos principais  no país. Entre novembro a maio de cada ano, há um evento ou um passeio para motociclistas todos os finais de semana. A  maioria dessas ações acontecem ao ar livre e são abertas ao público”, conta o presidente do UAE Royal Riders.

Reunião mensal

Os membros do UAE Royal Riders reúnem-se oficialmente uma vez por mês para conversar sobre projetos realizados e os que ainda serão feitos, além de, também, fazerem a apresentação oficial dos novos membros ao grupo. O UAE Royal Riders não aceita mulheres como membros oficiais. “Em nossa cultura é difícil para alguns membros concordarem em ter mulheres como membros, mas espero que isso mude em breve”, afirma Saud.

Mas, nos Emirados, há grupos motociclísticos só com mulheres e outros que as aceitam normalmente. No grupo, há membros com vários modelos de motos, inclusive algumas com personalização extrema, como a Chopper Athena Prostreet do Saud, que também tem uma  Indian Roadmaster. No grupo não tem motos esportivas. O Royal Riders tem sede própria, com escritório localizado no oásis de silício, em Dubai.

O presidente e fundador do Royal Riders têm no motociclismo um amor que surgiu na infância. “Desde que era criança eu tinha essa paixão e sempre assistia eventos com motocicletas e via fotos das máquinas, então, há muito tempo, nos anos 90, eu, meu irmão e meu primo começamos a andar de motos esportivas. Foi assustador no início, depois disso começamos com motocicletas grandes, estilo touring e choppers. O UAE Royal Riders é como minha família. A liberdade que os passeios oferecem é encantadora. Somos todos irmãos! O UAE Royal Riders é poder e liderança”, lembra Saud.

História

O UAE Royal Riders surgiu a partir de uma reunião de amigos no verão de 2014, quando um pequeno grupo de entusiastas do motociclismo local se juntou para fazer um documentário sobre o crescente número de motociclistas na região. Logo após esse trabalho, uma reunião foi conduzida sob o nome de “Royal Riders”. Alguns meses depois, um grande número de motociclistas se reuniu e, então, fundaram o UAE Royal Riders.

Desde o início, o grupo trabalha para oferecer apoio, conscientização e esperança para a comunidade, liderando o caminho para criar um ambiente que irá melhorar a mentalidade da região sobre os motociclistas, que são pessoas de grande respeito e que, além de amar motocicletas, também têm a preocupação em tornar o planeta num lugar de harmonia para todos. Cada um com sua realidade sempre contribui para isso, sempre com grande alegria em cima de uma moto.

Nos Emirados Árabes há mais de 30 moto clubes, número que está em plena expansão, todos sempre vivendo em grande harmonia. “Realmente temos uma boa relação e sempre tentamos apoiar outros grupos em eventos e passeios, e eles fazem o mesmo para nós. Às vezes, os grupos e os clubes têm problemas internos, mas, no final, somos todos irmãos”, relata Saud.

Sempre na estrada

Além de estarem sempre presentes nos eventos e realizarem viagens locais, alguns membros do UAE Royal Riders viajam para países da Europa, como a Tailândia, por exemplo, para se  divertirem e rodarem de moto. O Brasil é uma possibilidade real para futuras viagens do grupo. “Às vezes, fazemos viagens longas, algo entre 2000 a 4000 quilômetros para países próximos. Eu não sei muito sobre motociclistas e o motociclismo do Brasil, mas vou organizar uma viagem com alguns membros do UAE Royal Riders para conhecer esse universo de lá e participar de alguns eventos, assim que possível, diz Saud.

E, para os motociclistas brasileiros que desejarem rodar de moto nos Emirados Árabes Unidos, partindo de Dubai, irão encontrar facilmente muitos serviços, como aluguel motos, inclusive de alta cilindrada, algumas até personalizadas, prontas para as longas viagens. As agências oferecem não somente motocicletas, mas, também, roteiros completos para um passeio divertido, como a Prestige Motorcycle Tours & Rentals, que disponibiliza serviços completos, incluindo atividades de lazer em alguns destinos, com uma viagem que inclui conhecer o Ferrari World em Abu Dhabi.

Há ótimas opções, como fazer a The 7 Emirates Tour,  que sempre parte e termina em Dubai, e acontece junto com o Emirates Bikes Festival, um dos maiores eventos motociclísticos dos Emirados. Esta super viagem sempre está no comando dos membros do UAE Royal Riders, que lidera os motociclistas nas estradas pelos 7 emirados em uma bela aventura que dura de 4 a 5 dias. A The 7 Emirates Tour é organizada pela Final Cuts Events, que é organizadora do Emirates  Bikes Festival.

Agradecimento especial ao Saud por ter permitido e ajudado na realização desta reportagem. Seja bem-vindo ao Brasil, sempre que desejar vir, você e todos do UAE Royal Riders serão muito bem recebidos!

Links legais:

http://www.royalridersuae.com

http://www.dubaimotorcycletours.com

https://www.motoadventure.com.br/

Confira mais detalhes no video a seguir:

 

*Cláudia Terra é jornalista, motociclista e amante do universo Harley-Davidson. Para segui-la, acesse o blog:

http://entusiastaadventure.blogspot.com.br

https://www.facebook.com/EntusiastaAdventure/

#cmdterra 

 

VEJA TAMBÉM: Conheça o Beach Bikefest: Um dos maiores eventos motociclísticos do Egito.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here