Motos Baggers – As Tourings Radicais!

Baggers
Baggers

­­

Símbolo de tecnologia, designer, beleza e exclusividade em duas rodas, as baggers ganham cada vez mais admiradores

Texto: Cláudia Terra
Fotos: Vilis Design/Adriana Riemer

 

Baggers

Em termos simples, “Bagger” é uma motocicleta com alforjes, mas o termo assumiu, com o tempo, um significado especial. Uma Bagger, especialmente Harley Baggers, permitem muitas personalizações extremas. Particularmente, nos EUA, a motocicleta Touring ou Bagger referia-se a qualquer moto de turismo. Essas máquinas, geralmente, têm carenagens e para-brisas grandes, que oferecem um alto grau de proteção contra o vento. Possui, também, tanque de combustível com capacidade maior, motor potente, posição de pilotagem mais relaxada, piloto automático, pedaleiras de descanso e, é claro, grandes bagageiros laterais e traseiro superior, entre várias outras características típicas do estilo. Além disso, as grandes Baggers têm as amenidades opcionais para excursionistas completos, podendo incluir equipamentos normalmente não oferecidos em outras motocicletas, como estéreo completo (rádio AM / FM com leitores de CD ou conexões MP3), rádio por satélite, assentos aquecidos, sistemas de navegação GPS, compressores de ar integrados e airbags. Existem, também, as Baggers de dupla finalidade, um tipo recente de motocicleta de turismo de aventura usada ​​em eventos extremos, como o Rally Dakar.

A história das Baggers como a conhecemos surge como uma teoria notável que perpetua  num passado muito distante. Alguns acreditam que as Baggers são as motocicletas maiores de carga, incrivelmente desenvolvidas a partir da engenharia secreta derivadas do projeto Soyuz, da NASA.  As motos desempenharam um papel importante nos vários teatros de guerra durante todo o século XX. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Harley-Davidson recebeu os lucrativos contratos militares que a permitiu superar a sua primeira crise no mercado, assim como a Indian Motorcycle, embora essa tenha entrado em decadência algumas vezes desde sua criação, mas, felizmente, está de volta em nossos tempos. As WLA tinham os seus bagageiros laterais e outras personalizações específicas para uso militar na guerra, além disso, eram simples e resistentes e permitiam  aos  soldados condutores que as consertassem mesmo no campo de batalha, essa foi a vantagem principal que a marca ofereceu aos militares no front, e isso fez da  Harley uma paixão entre os soldados, que ao voltarem para casa se tornaram dedicados clientes HD. As réplicas da WLA aparecem no filme “Capitão América – O Primeiro Vingador”, um dos super-heróis da Marvel, mas ainda existem várias WLA em perfeito estado de conservação rodando por aí. A Harley-Davidson lançou uma série especial com vários dos seus modelos inspirados nos super-heróis da Marvel.

Baggers
Baggers

Performance HD

A norte-americana Harley-Davidson é a campeã mundial de motos alta performances e se beneficiou muito do “boom” das Baggers. Havia sempre construtores, como Arlen Ness, Dave Perewitz e Donnie Smith para citar alguns luminares, que construíam um modelo personalizado de Baggers antes que estes se tornassem populares, o que era uma pequena parcela de seu portfólio. Talvez fosse a confiabilidade e o poder do Twin Cam que abriu a mente de todos os outros. Assim, foi a Harley e o guru criativo e sempre inspirado Willie G. Davidson que, provavelmente, lançaram o estilo Bagger como conhecemos hoje. Quando o Street Glide (FLHX) foi introduzido, a Harley-Davidson já tinha vários modelos Touring, com estilo geralmente conservadores no designer, na sua linha de produção.  A HD possui o maior histórico no setor de turismo e suas motos são grandes referências, independente do contexto e do estilo. Atualmente, no mercado de motos de alta performance para viagens, há muitas novas opções de Tourings de marcas e modelos diferentes. A Gold Wing, da Honda, Star Venture, da Yamaha e as Indians estão fortes no mercado.

As Baggers não são comercializadas em linha de produção, como a maioria das motocicletas. Essas motos são verdadeiras obras de arte sobre duas rodas, e são produzidas individualmente a pedido do cliente. Há vários especialistas na confecção dessas super motos espalhados pelo planeta. Esse estilo de motocicleta é o que há de mais moderno dentre os estilos bikers. Dentre as principais características das Baggers  clássicas estão  os  bagageiros laterais alongados e fechando com o para-lamas traseiro, ambos  quase  tocando o solo;  carenagem frontal grande e roda dianteira em  tamanho maior  do que  a traseira, e outros detalhes típicos na carenagem e na parte de  acessórios e mecânica. Claro que o limite para a criação de uma Bagger é a própria imaginação do piloto e capacidade do designer que irá executar o trabalho. De acordo com Villis, da Villis Design, os modelos mais usados para a personalização Bagger são as Harley-Davidson Street Glide, CVO e as Electra Glide e Ultra Glide, isso porque  esses modelos têm a estrutura perfeita para suportar as modificações extremas e peso extra que as Baggers xigem. “A Harley é a única moto no mundo que você transforma tudo e ela continua sendo 100% Harley. Ela só melhora, não perde a personalidade”, diz Villis. Uma coisa bastante comum é que o cliente que possui uma Harley Touring está sempre fazendo modificações, mudando a “roupa dela”, assim, ele tem sempre uma moto nova, sem trocar de máquina, de fato. Essa é uma das características que consagrou a Harley-Davidson no mercado, como uma paixão de família que segue para várias gerações. Nas palavras de Villis: “As Harleys Touring são especiais, próprias para serem Baggers. Elas arrastam um fusca, são verdadeiras usinas de força, as naves-mães para as Baggers”.

Baggers
Baggers

Construindo sonhos

A Villis Design foi criada em 1994 por Villis Oliveira, mas só em 2010 foi feita a primeira Bagger, partindo de uma Ultra 2001. Em 2004 o proprietário dessa Bagger  mudou  a roupa e fez uma nova Bagger usando a mesma Harley. A ideia de trabalhar com a criação de Baggers surgiu após ver o trabalho em revistas americanas, mas o problema era que, aqui no Brasil, esse estilo era novidade e não havia motos  apropriadas para isso. Felizmente, agora tudo está melhor e permite tranquilamente a criação das Baggers. Na Villis Design, uma Bagger leva em média um mês para ser concluída, porém, o tempo para finalização depende do projeto. Após o desenvolvimento, o projeto é enviado para o cliente para que ele avalie, tudo feito remotamente, ou seja, o cliente envia a moto e pode  acompanhar o desenrolar do trabalho via rede social  e  chat. A Villis Design também faz restauração de carenagens, rodas, pinturas e instalação de acessórios. Além da beleza e exclusividade, as Baggers têm em seus baús um aumento de cerca de até 40% de capacidade de carga.

Um dos projetos legais e bastante desafiador foi de uma ultra laranja “pegando fogo”. De acordo com Villis, a primeira impressão parecia um projeto inviável, pois, tradicionalmente, para o efeito chamas dar certo ele teria  que ser feito em uma moto preta, mas não para ele, que conseguiu fazer o fogo dar certo na motocicleta laranja.  O projeto foi realizado na Ultra Glide da Adriana Riemer, cliente do Rio de Janeiro.  “O Villis fez um ótimo trabalho na minha moto, que guardo na minha sala de casa como uma obra de arte. Eu sabia o que queria e ele faz o layout. Super profissional. Sou do Rio e valeu à pena ter feito com o Villis, em São Paulo”, diz Adriana. A “Baby”, como apelidou Adriana, tem o visual de destaque com chamas inspiradas na cor dos seus cabelos vermelhos iluminados como chamas, causando furor por onde passa.

Tamanhos variados

Para as mulheres e homens de pouca estatura e que desejam realizar o sonho de ter uma moto alta performance  mas não se sentem confortáveis com sua altura quando montam uma moto dessas, por não terem 100% de apoio com os pés no solo, a suspensão a ar é o melhor recurso para controlar  a altura  da  moto. Para quem ainda não sabe, mesmo uma pessoa de pouca altura pode pilotar uma motocicleta mais alta e ter o controle total dela para as manobras paradas com o uso da suspensão a ar. A instalação é simples e dá 100% de segurança ao piloto. Nos Estados Unidos, há centenas de fabricantes, mas para a galera aqui do Brasil, a opção ainda é a importação, e os preços variam imensamente, partindo de 3 mil reais. A Villis Design faz a instalação desse acessório, além de outras personalizações para reduzir a altura de solo da moto, como a redução da altura do estofado do banco, cria designers mais anatômicos, gerando harmonia com o piloto. De acordo com Villis, é possível fazer qualquer coisa para tornar uma moto a “extensão perfeita” do piloto, e o investimento vale à pena. Como ele diz: “Só se vive uma vez, então, vale realizar os sonhos e ser feliz sempre!”.

A Villis Design é o primeiro fabricante de Baggers do Brasil, com sede na capital paulista, e conta  com uma equipe dedicada, sendo Villis, Vanessa Dell Sola, que além de gerenciar tudo, faz  trabalho de funilaria e é a modelo principal da empresa. A turma conta ainda com Eduardo Fernando e Eric Dell Sola nos serviços de mecânica básica e auxiliares na parte da funilaria. A Villis Design fabrica os seus próprios alforges alongados, para-lamas estendidos, abas laterais, cabeça de touro alongada, carenagem frontal (morcegão), tour pak, entre outras peças em fibra de vidro e ABS. Faz diversos tipos  de pinturas originais e personalizadas, indo do estilo vintage aos mais  futuristas. A vibe na Villis é muito vibrante e positiva, você se sente em casa ou em um local mágico, que realiza sonhos. É só imaginar e o Villis realizará. Como ele sempre diz: “Onde a maioria vê um problema, eu vejo possibilidades, enxergo soluções, vejo algo novo e incrível a ser criado”. Essa paixão reflete no amor e perfeição com que a empresa desenvolve cada projeto.  Quem ama a moto que tem sabe exatamente o que  tudo  isso significa. Este é um ótimo momento para o motociclismo, e o grande momento das Baggers. Espere o inesperado! Rode livre, seguro e  com muito estilo!

Para mais informações, acesse o site.

Veja alguns vídeos do trabalho da Villis:

https://www.youtube.com/watch?v=0oi5N-FWRew

https://www.youtube.com/watch?v=pcJssbiTASs

https://www.youtube.com/watch?v=nHO9_rAup2c

Mais curiosidades no Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=Rc8U1o0AdcE

https://www.youtube.com/watch?v=Rq33rE1P_i4

https://www.youtube.com/watch?v=Hy0BRcAk-kg

https://www.youtube.com/watch?v=0EDjWSQ3xac

https://www.youtube.com/watch?v=WkX09bVV8nc

https://www.youtube.com/watch?v=YSmXplMzNO8

https://www.youtube.com/watch?v=jWBog6nZm1k

https://www.youtube.com/watch?v=nFBkReEiE_o

Daytona Bike Week 75 th Anniversary. Chops & Baggers!

*Cláudia Terra é jornalista, motociclista e amante do universo Harley-Davidson. Para segui-la, acesse o blog: http://entusiastaadventure.blogspot.com.br e também a hashtag #cmdterra

VEJA TAMBÉM: Expedição Africa Twin – Moto Adventure rumo ao Peru.

DEIXE UMA RESPOSTA