A nova KTM 390 Duke veio com tudo! O que já era bom ficou muito melhor!

TEXTO E FOTOS: TRINITY RONZELLA

No último dia 17 de maio, a Moto Adventure esteve no lançamento da tão esperada nova KTM 390 DUKE ABS. O local, um antigo barracão da empresa Controlar, estava muito bem decorado, com um octógono, telão, dois painéis de grafite, tambores e um circuito curto para experimentarmos a moto, enfim, um ambiente com o apelo da moto. Ela está pronta para enfrentar a selva de pedra com uma pegada mais esportiva, convidando a transformar qualquer deslocamento na cidade em uma tocada mais dinâmica e divertida.

Bem-vindos!

Depois dos convidados ficarem mais à vontade, o diretor geral da KTM do Brasil, Paulo Alegria, nos deu as boas-vindas e, juntamente com José Ricardo, da área comercial da DAFRA MOTOS, e Rafael Vieira, gerente de Marketing da KTM, passaram as informações a respeito do novo modelo, o que nos deixou mais ansiosos para ligar e andar na motocicleta. Dentro de um octógono e coberta, a máquina foi apresentada, demonstrando que ela está pronta e vem forte para a “briga” da categoria!

KTM no Brasil

Hoje, não é de conhecimento da maioria das pessoas, mas a KTM, em parceria com a Dafra, conta com 24 concessionárias no país. Essas lojas são divididas em 3 categorias:

1- Flagship: uma loja conceito KTM que comercializa todos os modelos da linha no Brasil (04 lojas – São Paulo, Goiânia, Belo Horizonte e Curitiba);

2- Street: Loja KTM e Dafra que disponibiliza motos street, ou seja, as Duke 200 e 390, mais motos da Dafra. (16 lojas nos estados de SP, RJ, SC, MG, PR e PB);

3- Street e Off Road: Loja KTM e Dafra que, além dos modelos street, disponibiliza a linha Off Road. (04 lojas).

KTM 390 DUKE ABS

Ao entrarmos no octógono para ver a moto de perto já percebemos algumas mudanças! O farol em LED, painel em tela TFT, suspensão invertida WP, manetes com regulagem de altura e disco de freio dianteiro com 320mm, já chama atenção de cara! Além disso, temos um tanque de combustível que passou para 13,4 litros, um chassi que tem o sub quadro destacável e um novo escapamento. Ao sentarmos na motocicleta, notamos que sua ergonomia foi melhorada, dando um posicionamento mais adequado, e também ficou um pouco mais alta, 830mm.

Falando de motor, foram mantidos os 44HP, porém, a curva de potência foi melhorada. O acelerador é ride by wire (mesma tecnologia usada na KTM 1290 Super Duke, que realiza a aceleração através de um sinal elétrico, e não por cabos), e a moto está um pouco mais pesada que a anterior, devido principalmente ao aumento do tanque, entretanto, isso é quase que imperceptível.

Outra novidade é a possibilidade de conectar o smartphone através do Bluethooth que, combinado com o software original KTM MY RIDE, permite a visualização de chamadas telefônicas e controle do áudio.

Em uso

Andamos com a moto em um circuito curto, que exigiu agilidade da máquina e do piloto, coisas do dia a dia da cidade. Deu para fazer uma “degustação“ e perceber que a nova DUKE está bem acertada para o que ela se propõe. Imaginamos que o uso diário na cidade fique mais “divertido” devido ao total controle, principalmente nas curvas. Saberemos mais quando tivermos mais tempo com a moto!

O mercado dessa categoria está bem concorrido e conta com boas opções, mas a KTM quer mais! Com preço sugerido de R$ 23.990,00, um novo grafismo e uma série de mudanças e melhorias, essa Naked que tem o DNA da marca austríaca está realmente mais “Ready to Race” do que nunca!

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here